O uso Geek de uma mochila de hidratação

Cadê a mangueira de hidratação?
Cadê a mangueira de hidratação?

E não é que repararam nas minhas fotos/vídeos da Maratona do Rio de Janeiro a falta da mangueira de hidratação na mochila que levei? Pois é, algumas pessoas vieram me perguntar porque levei uma se não usei para hidratação que é o seu intuito. Eita povo observador.

Levar uma mochila como estas é mais recomendado para provas de trilha e/ou em qualquer treino maior no qual não haverá água para beber. Este não é o caso de provas como a Maratona já que haviam diversos postos de hidratação no caminho. Então porque levei?

Além de itens comuns em corridas longas como gel de carboidrato, sal, algum documento de identificação e algo para comer o lado geek falou alto. Claro que levei alguns acessórios dentro da mochila.

Vamos à lista:

  • Bateria externa para o iPhone
  • Bateria extra para a Garmin Virb Elite (câmera de ação)
  • Mini tripé e bastão de mão (me recuso a chamar de “pau-de-self”) para filmagens/fotos

A mochila possui dois bolsos frontais de fácil acesso feitos para transportar garrafas de água. Um destes usei para guardar o celular, assim ficou simples manuseá-lo quando precisei, e o outro alternei entre copos de água ou a câmera.

Na parte de trás guardei todo o resto da lista acima, claro que as baterias devidamente protegidas de água via bolsas impermeáveis (dessas facilmente encontradas na Internet ou camelôs).

Cabe aqui um adendo interessante para os geeks corredores. Os iPhones nunca foram exemplo de bateria com autonomia boa (ô saudade da Nokia). Mas a bateria do iPhone 7 me surpreendeu positivamente. Mesmo colocando em modo de economia de energia achei que teria de recarregá-lo durante a prova (por isso uma bateria externa na mochila). Como já esperava por isso desencanei e comecei a ouvir música bem antes da corrida começar.

Por incrível que pareça o iPhone ficou 5:30 (isso mesmo, cinco horas e meia!) tocando música e ainda assim restaram 60% de bateria quando cheguei de volta ao apartamento. Juro que para mim foi surpresa.

Voltando a falar sobre a mochila, esta que usei é uma da Kaleji e está disponível tanto no modelo masculino quanto feminino. Existem diversas semelhantes a esta no mercado com preços variados. Caso se interesse vale acho que vale a pena dar uma pesquisada por ai.

Dica: Como instalar uma câmera em capacete de ciclismo

Dica: Como instalar uma câmera em capacete de ciclismo
Dica: Como instalar uma câmera em capacete de ciclismo

Outro dia me perguntaram como era o procedimento para instalar uma dessas câmeras de ação em um capacete de ciclismo. De pronto digo que é bem simples e rápido, não requer habilidade ou gambiarra. Isso claro, se você tiver o suporte correto.

Gravei um vídeo demonstrando a instalação com um suporte para a câmera Garmin Virb Elite que é a que tenho aqui, mas o procedimento é semelhante caso a sua seja uma GoPro, Sony Action ou qualquer outro modelo parecido. Confiram abaixo:

Lembre-se: Nunca utilize gambiarras para instalar sua câmera. Pode parecer uma ideia tentadora para deixar de gastar com o suporte, mas isso pode acabar custando caro. Já imaginou se no meio da sua pedalada a gambiarra dá errado e sua câmera cai? Pois é!

Captura e edição – Meu vídeo da Wings for Life World Run

Exemplo de captura e edição de vídeo móvel
Exemplo de captura e edição de vídeo móvel

Já comentei aqui no site várias vezes sobre dicas de filmagens e fotografia, já falei sobre a câmera Garmin Virb Elite e também sobre aplicativos de edição em dispositivos móveis. Praticamente faço tudo isso com aparelhos que levo no bolso.

Ok, gosto de escrever sobre isso aqui no site mas nunca mostrei o resultado que podemos alcançar com toda essa mobilidade. Por isso desta vez resolvi abrir um pouco do meu lado pessoal e mostrar um vídeo que fiz essa semana.

Este foi gravado durante a última corrida Wings for Life World Run à qual participei aqui em Brasília. Utilizei apenas a Garmin Virb Elite para filmar e o monopod da VXCase como suporte. A edição foi inteiramente feita em um iPhone 6 com os aplicativos GoPro Quik (antigo Replay) e Flow.

Outros acessórios para a Garmin Virb Elite

Garmin Virb Elite
Garmin Virb Elite

Não tem muito tempo resolvi adquirir uma câmera de ação para poder filmar minhas corridas e também momentos de lazer com a família. A câmera escolhida para isso foi a Garmin Virb Elite como pode ser visto no unboxing que publiquei neste outro post.

De lá para cá a brincadeira ficou cada vez mais legal e com isso acabei adquirindo alguns acessórios para este aparelho. Hoje vou comentar sobre alguns destes, mas caso gostem deste tipo de acessório não se prendam ao modelo desta câmera. Todos abaixo existem também para praticamente qualquer modelo de câmera e as dicas valem independente de qual você tenha.

Não vou citar novamente o case de mergulho e acessórios já inclusos na caixa. Qualquer coisa é só dar um pulo lá no review da Garmin Virb Elite que estes estão comentados lá.

Suporte para tripés

Estranhamente a Garmin não inseriu este acessório tão básico no kit da câmera, o que obriga a mais uma aquisição caso utilize um tripé convencional ou daqueles articulados da Gorilla. Realmente não entendi o porque da Garmin não o incluir na caixa da câmera, é o tipo de coisa que não faz muito sentido. Enfim…

Suporte para tripés
Suporte para tripés

Bateria extra

Se já saiu para filmar/fotografar longe de uma tomada sabe que é imprescindível ter uma outra bateria à mão. Ainda mais se sua câmera tem GPS, Wi-Fi e/ou Bluetooth. Pode apostar, em algum momento você irá ficar sem energia. Tenha sempre pelo menos uma bateria extra por perto. A da Garmin dá uma autonomia de até 3 horas de filmagem.

Bateria extra
Bateria extra

Kit de carregamento

Não adianta muito ter uma bateria extra se ela estiver sem energia. Claro que é possível carregá-la diretamente na câmera, mas isso fará com que você tenha de deixá-la plugada na tomada por horas já que terá de abastecer todas as suas baterias.

Suponha que você tenha duas baterias. Com o kit de carregamento será possível reduzir pela metade este tempo já que pode-se deixar a câmera e o kit executando está tarefa ao mesmo tempo. Ou ainda você pode sair para filmar e deixar a segunda bateria carregando. Como extra, o kit vem com diversos conectores diferentes que são bastante úteis em viagens internacionais.

Kit de carregamento
Kit de carregamento

Suporte de pulso

Este suporte serve para prender a câmera ao pulso e fazer algumas imagens nas quais você não tem como segurá-la. Um exemplo de situações assim e que este suporte cai muito bem são montanhas russas, saltos de pára-quedas, saltos de penhascos, bungee jumping… Este da Garmin acompanha uma tira extra para estender a principal caso seja necessário.

Suporte de pulso
Suporte de pulso

Controle remoto

Este acessório chegou após a gravação do vídeo, por isso não aparece lá. É outra coisa que parece um tanto duvidosa antes de utilizar, mas depois disso faz todo sentido a sua aquisição. Quer alguns exemplos disso? Tente iniciar uma gravação com a câmera em um monopod (mono-pé, pau-de-selfie chame como quiser) e verá que não é uma tarefa dais mais práticas. Outro exemplo é fotografar debaixo d’água com o case de mergulho já que este permite apenas iniciar/pausar filmagens.

Antes que me esqueça, sim este controle remoto é à prova d’água e aguenta os mesmos 50 metros de profundidade do case de mergulho.

Controle remoto
Controle remoto

Case de transporte

Ok, até agora já foram vários acessórios que somados aos cabos, carregadores, cartões de memória, tiras extras, parafusos de regulagem, suportes para prender a câmera à capacete ou superfícies retas já dá um volume considerável. Como fazer para transportar tudo isso?

Recentemente adquiri um case para material fotográfico da Sandmarc chamado Action Gear. Ele é feito especificamente para material de filmagem de ação. Existem diversos modelos parecidos no mercado. Gostei deste da Sandmarc já que posso organizar meus itens da forma que achar melhor, inclusive removendo suas divisórias internas.

Case Action Gear x case convencional
Case Action Gear x case convencional

A GoPole é uma das marcas mais famosas neste sentido e me parece ser a que faz os melhores. Mas antes de adquirir um case fique atento para um detalhe importante. A maioria deles é feita para acessórios específicos já que contam com seus respectivos encaixes. Isso é muito interessante se você tiver apenas estes acessórios, mas se comprar um diferente seu case já era.

Monopods

Agora vou comentar sobre algo que muita gente acha ridículo pois ficou muito difamado pelos narcisistas de plantão que fazem selfies o tempo todo. Sim, os famosos páus-de-selfie (não, me recuso a chamar assim) são monopods.

Se você é um desses que torcem o nariz para estes acessórios, peço que deixe o preconceito de lado pois são sim muito úteis para filmagens e fotografias de ângulos diferentes. Nos esportes mais radicais são eles que permitem algumas das melhores cenas.

Voltando aos meus, tenho dois diferentes para situações bem distintas. Nenhum destes é oficial da Garmin, até porque acho que a empresa sequer comercializa estes produtos.

O primeiro, da VXCase, é de alumínio e vem com articulações de pressão semelhantes às de tripés para poder estender seu tamanho. Este tenho utilizado em minhas corridas já que é bem leve e resistente. Aliás precisa ser leve já que irá somar ao peso da câmera e qualquer coisa que vá carregar durante uma corrida irá pesar uma tonelada após 10, 15, 18, 21 quilômetros.

Monopod VXCase
Monopod VXCase

O segundo que tenho é o Evo da GoPole. Ele é totalmente transparente para que fique quase imperceptível nas imagens feitas dentro d’água. Não apenas para mergulho, mas funciona muito bem também em parques aquáticos e piscinas já que não aparece muito nos vídeos. Além disso é flutuante para que a câmera suba à superfície caso eu a solte na água.

Evo da GoPole
Evo da GoPole

Gorillapod

Este é um tripé articulado muito prático para poder posicionar a câmera em locais diferentes dos convencionais como galhos de árvore, grades de quadras esportivas, postes ou qualquer outro local que irá te proporcionar um ângulo legal para suas filmagens.

Gorillapod
Gorillapod

Por enquanto é isso, esta é a minha atual lista de acessórios para filmagens de ação. Caso vocês tenham algum outro diferente por favor compartilhem nos comentários.

Dica – Tubo para transporte de tripés fotográficos

Dica - Tubo para transporte de tripés fotográficos
Dica – Tubo para transporte de tripés fotográficos

Faz algum tempo que um dos meus hobbies envolve fotografia, filmagens e edições. Por isso volta e meia, sempre que posso, procuro umas dicas aqui e ali para tentar melhorar a brincadeira. Mas como a coisa ($$$) não anda nada boa para ninguém é bom tentar economizar o máximo que der.

E foi com este pensamento que resolvi encontrar uma solução econômica, mas ao mesmo tempo eficiente, para guardar e transportar meu tripé fotográfico. Um case profissional custa muito caro, então não poderia ser esta a solução. Foi então que encontrei, em uma loja de artigos de arte, um case indicado para guardar telas. É o mesmo utilizado também para projetos de arquitetura.

Cabe perfeitamente um tripé convencional fechado e se necessário é possível também estender o tubo para armazenar outras pequenas coisas. No meu caso foi possível levar a Garmin Virb Elite (review aqui), bateria extra e um monopod (vulgo pau-de-selfie).

Lembra que falei de economia? Pois é, um destes custa em torno de R$50,00 e pode ser encontrado em papelarias e lojas de arte. Fica a dica. 😉