Deixei de usar o aplicativo Nike+ Run Club. Saibam porque.

Deixei de usar o aplicativo Nike+ Run Club. Saibam porque.
Deixei de usar o aplicativo Nike+ Run Club. Saibam porque.

Como alguns sabem, sou (ou era) usuário assíduo do aplicativo Nike+ Run Club em meus treinos. Sempre considerei este uma das melhores opções para me ajudar na preparação para provas de corrida de rua. Infelizmente de uns tempos para cá a coisa não tem sido tão boa como imaginei com seu uso.

Primeiro tiraram recursos bem legais como os desafios entre amigos e as medalhas de incentivo. Achei que era algo temporário e que voltaria em alguma atualização mas até do site foi removido. Depois vieram os constantes travamentos e perdas de dados de treinamento. E como se isso não bastasse veio a atualização de Fevereiro que impossibilitou o uso do aplicativo já que sequer permitia que eu o abrisse.

Reparem bem nesta informação: Desde Fevereiro sem conseguir abrir o aplicativo. É algo que simplesmente não dá para acontecer em se tratando de uso em treinamentos feitos quatro vezes por semana.

Se observarem nos comentários deixados sobre este aplicativo tanto na App Store quanto na Google Play é possível perceber o descontentamento de vários usuários desde que lançaram as atualizações deste ano (respectivamente 2 e 14 de Fevereiro na versão iPhone e 31 de Janeiro para Android). De lá para cá nada foi feito para corrigir os problemas ou melhorar a experiência de uso e as queixas só aumentaram.

Até mesmo a sincronização que existe com o Training Club (também da Nike) anda apresentando problemas. Não foram raras as vezes em que tentei escolher um plano de treinamento e este ter me apresentado um conflito. Era preciso excluir o treino do Run Club, escolher um no Training Club para só então voltar com o primeiro. Confuso? Sim, muito.

Com os constantes travamentos, tentei ficar com as metas traçadas e marcar manualmente no aplicativo após cada treino. No começo funcionava mas depois até desta forma ficou inviável já que mais travamentos me impediam. Apenas hoje (data de publicação deste post) é que conseguir fazer funcionar novamente o aplicativo, e isso depois de desinstalar e reinstalar várias vezes.

Além dos problemas citados acima, outra motivo que me fez deixar de utiliza-lo foram os treinos recomendados pelo aplicativo. Antes pareciam mais concisos e percebia melhora em meu condicionamento, mas nos últimos meses, mesmo seguindo à risca, não percebia mais qualquer ganho. Pelo contrário, as mudanças automáticas que o sistema faz estavam, em grande parte, me obrigando a correr cada vez menos (tempo e velocidade). Não consigo entender a lógica disso se a meta que tracei nele era correr uma maratona.

Parece que a Nike focou o desenvolvimento deste aplicativo mais em compartilhamento de corridas nas redes sociais e se esqueceu de corrigir os constantes problemas relatados por seus usuários. Pena.

Por conta destes e outros problemas é que deixei de usar o Nike+ Run Club. Hoje sigo as orientações do aplicativo My Asics que está se mostrando ainda melhor do que eu pensava. Estou correndo mais e com treinos progressivos cada vez maiores. Não enfrento qualquer dos defeitos no Nike e tenho me sentido mais confiante na minha meta. Vamos ver se a Nike consegue corrigir estes problemas, da forma como está ela pode ver sua base de usuários começar a cair logo.

767 Total 5 Hoje