Hermitage – Um vídeo com mais de 5 horas gravado inteiramente no iPhone

Spread the love
Plano-sequencia de 5 horas gravado com iPhone
Plano-sequencia de 5 horas gravado com iPhone

Já ouvimos falar em diversos clips musicais e até mesmo curta-metragens gravados inteiramente utilizando iPhones. De uns tempos para cá isso é algo que está ficando cada vez mais comum e hoje existem filmes inteiros, ou partes deles, produzidos assim. Mas o que a Apple acabou de publicar superou qualquer outra produção até o momento.

O vídeo “Hermitage” é uma bela viagem por boa parte do museu, de mesmo nome, que fica em São Petersburgo na Rússia. Este é o maior museu do mundo. Apenas para ter um comparativo, o Louvre, o mais visitado no mundo, tem aproximadamente 380 mil itens, dos quais “apenas” 35 mil ficam em exibição permanente. O Hermitage conta com 3 milhões de obras distribuídas em cerca de 1.000 salas espalhadas em diversos prédios.

Mas não é só pelas belíssimas imagens que apresenta, ou pelas performances artísticas dos bailarinos, que chama tanta atenção o vídeo produzido pela Apple. O diferencial que realmente faz com que esta obra seja tão destacada é outro: Um plano-sequencia de verdade com mais de 5 horas de duração gravado inteiramente com o iPhone.


Trailer do vídeo Hermitage

O que é um plano-sequência? É um filme gravado em um take único em que a ação se desenvolve de maneira fluida, sem cortes. Recentemente o filme 1917, um dos ganhadores do Oscar 2020, ficou muito famoso por ser produzido assim. Ele dá a ilusão de ter sido inteiramente produzido desta forma, mas na verdade há diversos cortes sim apesar de enganar muito bem.

Voltando ao “Hermitage” um detalhe interessante. Ele foi todo gravado com um iPhone 11 Pro com a sua bateria indo de 100% a 19% para esta produção sem utilizar uma bateria extra ou qualquer outra fonte de energia. Esta informação eu sinceramente não acredito muito, mas vá lá, o vídeo ficou muito bonito.

Quem tiver paciência para assistir as 5 horas, 19 minutos e 28 segundos (tempo total) o vídeo está aqui abaixo. Para quem não pode, ou não quer assistir inteiro, o vídeo acima, no meio deste post, é um trailer de um minuto e meio que mostra um pouco da obra completa.

Vídeo completo