Insta360 One R ou One X2? Qual vale o seu investimento?

Spread the love
Comparativo One R e One X2
Comparativo One R e One X2

A Insta360 recentemente lançou a evolução em uma de suas melhores linhas de câmeras 360º com o modelo One X2. Tenho recebido diversas mensagens ultimamente de pessoas interessadas em adquirí-la perguntando qual vale mais a pena, se esta ou se a One R.

Ainda não posso afirmar com total segurança porque não testei a novidade, mas posso fazer um comparativo baseado em características técnicas e opinião pessoal para tentar ajudar a chegar a alguma conclusão.

Vamos à uma comparação de dados técnicos primeiro:

Tabela comparativa One R e One X2
Tabela comparativa – *Mods são os módulos extras da câmera Insta360 One R que permitem trocar partes do seu corpo trazendo novos recursos.

Analisando

Como é possível ver, as duas câmeras tem diversos pontos similares em suas configurações o que torna mínima a diferença. Claro que por ser um modelo mais recente a Insta360 X2 veio com algumas pequenas melhorias, mas nada tão superior. 

O que muda mesmo são as possibilidades de uso e facilidades que cada uma delas proporciona. No quesito produção de conteúdos em 360º elas são praticamente idênticas, portanto se este for seu único foco a nova câmera pode ser uma boa pedida por custar um pouco menos que a Insta360 One R 360 Edition. Por seu formato fino a One X2 também é mais fácil para transportar.

Caso você tenha necessidade de outros tipos de produção que não apenas o 360º a versão One R oferece um leque muito maior de possibilidades com seus módulos intercambiáveis. Sem contar com o fato de que caso sua câmera sofra algum acidente de trabalho (uma queda por exemplo) basta adquirir separadamente apenas o módulo que estragou. No versão One X2 se isso acontecer será preciso comprar outra inteira.

Por outro lado, esta possibilidade maior de troca de módulos trás consigo um custo bastante considerável. Cada módulo extra adiciona um novo recurso, seja ele uma lente diferente, uma bateria maior, um formato de corpo diferente, transformar um drone em uma câmera 360º, capturar imagens em 3D… Mas isso não sai nada barato e pode deixar seu setup bem mais caro.

Acessórios não oficiais

É claro que por ter sido lançada primeiro a One R já conta com diversos acessórios produzidos por outras empresas. Isso é influenciado, em grande parte, por sua característica híbrida que já carrega consigo a idéia de acoplar outras opções diferentes. Basta uma busca por sites de produtos chineses e você encontrará cases de mergulho, filtros variados para todos os modelos de lentes, cages de proteção em formatos diferentes com encaixes para acoplar outros acessórios (tais como microfones, LEDs, baterias…) e uma série de outros acessórios.

Com a One X2 tenho certeza de que acontecerá algo bem parecido e que os fabricantes irão criar novos acessórios. Mas arrisco a dizer que não serão tantos quantos os da One R. Por exemplo, já há um acessório para acoplar lentes profissionais de câmeras Mirroles/DSLR. Acho difícil (não impossível) que vá existir algo assim pelo fato de que a One X2 conta apenas com lente padrão 360º, não dá para encaixar uma outra por cima desta.

Praticidade

Se a ideia é simplesmente sacar a câmera e fotografar ou filmar algo, talvez a One X2 seja a opção correta. É uma câmera mais prática para carregar no bolso, na bolsa, em viagens… Mas se tiver a necessidade de um equipamento mais completo (e complexo) para produzir conteúdos diferentes a melhor escolha, em minha opinião é a One R.

A montagem da One X2 em sticks invisíveis, monopés, tripés e outros é mais tranquila já que o furo de 3/4 é direto na câmera, ao contrário da One R que depende de cage. Se por um lado isso é bom por ser mais prático, por outro lado também é um risco (pequeno). Caso você não seja, digamos, uma pessoa cuidadosa o ato de rosquear e remover algum acessório pode com o tempo acabar espanando o furo. Percebe o que isso pode acarretar?

Mergulhar com as duas câmeras é possível mesmo sem um cage de mergulho, mas neste caso a One R tem a metade (5m) da capacidade da One X2 (10m). Isso muda com o uso dos acessórios oficiais. A primeira pula para 30m ou 60m dependendo do tipo de lente/cage (confira a tabela), e a One X2 vai para 45m.

Uma vantagem da One X2 é que ela tem um recurso que tenta compensar um pouco o lado híbrido da One R e se chama modo Steady Cam. Este recurso permite desabilitar uma das duas lentes e gravar apenas com a outra. Assim é possível filmar como se fosse uma grande angular com resolução de 2560×1440.

Edição e recursos diversos

As duas câmeras partilham do mesmo aplicativo oficial, dos mesmos recursos e das mesmas funcionalidades do Lab (o “estúdio” presente dentro do aplicativo). A empresa prometeu que irá manter as mesmas atualizações para os dois modelos. Inclusive alguns modelos de “Shot Labs” foram incluídos recentemente no aplicativo após o lançamento da One X2 e são exclusivos destas duas câmeras. 

São eles:

Stop Motion Mix
Stop Motion Mix
  • Stop Motion Mix: Modelo de stop motion que faz com que pareça que você está caminhando de uma cena para a outra.
  • Shadow Clone: ​​Modelo que clona seu corpo, retendo seus movimentos e eliminando a necessidade de mascaramento ou edição mais complexa.
  • Ghost Town: Este modelo pega seu timelapse em 360º e remove pessoas dele, gerando uma foto limpa.

Além disso alguns outros já existentes foram melhorados e também estão disponíveis para as duas câmeras.

Auto Frame
Auto Frame

O Auto Frame foi atualizado. Ele re-enquadra sua filmagem 360º para encontrar os melhores destaques para você e com isso fornece uma coleção de ângulos recomendados.

Deep Track
Deep Track

O recurso Deep Track, para rastreamento de pessoas, foi atualizado para a versão 2.0 nas duas câmeras e ganhou melhoramentos para manter o enquadramento central do alvo. O algoritmo do Deep Track agora pode rastrear não apenas humanos, mas também animais e outros objetos em movimento, conseguindo manter em vista mesmo através de obstáculos.

Conclusão

As duas câmeras são ótimas opções e contam com muitos recursos interessantes e avançados. Elas são hoje os dois melhores modelos desta categoria e qualquer uma delas atende perfeitamente a maioria das pessoas, seja para uso comum ou profissional.

No entanto a maior diferença que eu vejo entre elas é, como eu disse antes, as possibilidades de uso, sendo neste sentido a vantagem para a One R e a questão de praticidade/custo, que neste caso a One X2 é a melhor escolha.

Se o seu objetivo é apenas ter uma boa câmera 360º para as suas produções, vá feliz para a One X2 e com a diferença de preço invista em um bom cartão de memória. Mas se quer uma câmera com mais possibilidades e o seu orçamento permitir investir mais eu escolheria a One R.

Portanto, pessoalmente eu pretendo continuar com a minha One R, não vejo motivos para trocar de câmera. Mas analise as informações acima e encontre a melhor opção para você. Caso resolva investir em alguma delas por favor adquira através dos links abaixo para ajudar a manter o site.

Insta360 ONE R
Insta360 ONE R

Insta360 ONE X2
Insta360 ONE X2

Obs: Na compra da Insta360 One R pelo link acima você irá receber também uma bateria extra e um stick invisível. Está esperando o que?

Mais postagens sobre 360º você pode conferir aqui.