Que tal conhecer a França em 360º?

Spread the love
Que tal conhecer a França em 360º?
Que tal conhecer a França em 360º?

Pois é, a pandemia ainda não acabou e nada de pensar em viajar por enquanto. Talvez isso continue assim por um bom tempo ainda, infelizmente. Mas quem disse que não dá para conhecer lugares distantes durante este período? Esta é uma das grandes vantagens de tours virtuais em 360º.

Hoje vou deixar aqui seis sugestões para poder conhecer alguns dos lugares mais bonitos da França. Claro que há muito mais a conhecer por lá, mas acredite, com estas opções já terá muito o que ver.

Alguns dos pontos que irei indicar estão dentro do projeto Google Arts & Culture. Esta é uma iniciativa sem fins lucrativos onde são reunidos trabalhos realizados com instituições culturais e artistas de todo o mundo. A ideia deste projeto é preservar e levar a arte e a cultura para o mundo on-line para que sejam acessíveis a quaisquer pessoas, em qualquer lugar.

Vamos lá? «Apprenons à connaître la France?»

Torre Eiffel

Vamos começar pelo maior cartão postal francês. A Torre Eiffel é sem dúvida alguma um dos pontos turísticos mais visitados de Paris. É uma das melhores vistas (se não for a melhor) da cidade, além de ser uma visita quase que obrigatória. Sabia que ela recebe quase 7 milhões de visitantes por ano?

Para conhecer a torre e mais informações basta acessar por aqui. Para o tour virtual, clique no símbolo com um bonequinho do Street View por lá.

Museu de Orsay

O Museu de Orsay (Musée d’Orsay) é um museu na cidade de Paris. Situado na margem esquerda do rio Sena no VII arrondissement. As coleções deste museu apresentam principalmente pinturas e esculturas da arte ocidental do período compreendido entre 1848 e 1914. Entre algumas delas estão obras de Van Gogh, Cézanne, Degas, Maurice Denis e Odilon Redon.

Assim como na sugestão da Torre Eiffel, para conhecer o museu e mais informações o caminho é por aqui. Para o tour virtual é a mesma coisa, clique no símbolo com um bonequinho do Street View lá no site.

Castelo de Angers

Continuando o passeio, vamos ao Castelo de Angers (Château d’Angers) que também pode ser chamado de Château du roi René (Castelo do rei Renato – Renato I de Nápoles). Está situado na cidade de Angers, no departamento de Maine-et-Loire, na França.

O local, um promontório no Rio Maine, foi um dos locais ocupados pelos Romanos devido à sua estratégica posição defensiva. O Castelo de Angers está classificado com o título de Monumento Nacional francês desde 1875.

Mais um projeto do Google Arts & Culture. Para conhecer clique neste link e novamente procure pelo bonequinho do Street View.

Galeria Itinerrance

A Galerie Itinerrance, localizada em Paris no XIII arrondissement, é a maior galeria especialista em arte de rua na França e talvez até internacionalmente. Ela é a iniciadora de vários projetos de grande escala, como Street Art 13, colocando Paris como a nova capital mundial da arte de rua.

Se você aprecia este tipo de arte aqui está uma ótima opção também do Google Arts & Culture. Já sabe como fazer certo? Acesse por aqui e procure pelo bonequinho do Street View.

Fundação Claude Monet-Giverny

Saindo um pouco do projeto do Google temos agora a Fundação Claude Monet. Ela é uma organização sem fins lucrativos que administra e preserva a casa e os jardins de Claude Monet em Giverny, França. 

É o segundo local turístico mais visitado na Normandia depois do Mont Saint-Michel. A casa e os jardins, onde Monet viveu e pintou por 43 anos, foram reconhecidos como uma das Maisons des Illustres e um Jardin Remarquable, premiando suas excelentes qualidades. A propriedade foi classificada como Monumento Histórico francês em 1976.

Este passeio pode ser realizado através do site oficial da fundação. Lá basta ir em Visite virtuelle no menu superior.

Caverna de Chauvet

A Caverna de Chauvet (Chauvet-Pont-d’Arc) está localizada ao sul da França. Este local se tornou famoso em 1994 quando descobriram que lá continham restos fossilizados de muitos animais, incluindo alguns já extintos. Também foram descobertas várias pinturas rupestres decorando as paredes da caverna. Hoje, junto a Lascaux, Serra da Capivara e a Caverna de Altamira, este é um dos sítios arqueológicos mais importantes do mundo.

Pelo site oficial é possível realizar dois tipos de passeios sendo um guiado em vídeo e o outro não guiado mas em 360º.

Curiosidades

Como eu disse no começo deste post, os quatro primeiros passeios desta lista fazem parte do Google Arts & Culture. Estes e vários outros estão acessíveis também através do aplicativo deste projeto. Basta instalar em seu smartphone (versão iOS e versão Android)

Mas sabia que você também pode fazer parte deste projeto? Basta levar a ideia para alguma instituição cultural, e se ela topar, se cadastrarem no projeto por este link.

Produção de conteúdos em 360º
Produção de conteúdos em 360º

Não tem ideia de como trabalhar com tours virtuais? Não sei se sabe, mas com o meu e-Book Produção de conteúdos em 360º você pode obter todos os conhecimentos necessários para isso. Confira mais sobre ele neste post.

Nas duas últimas sugestões da lista acima (Fundação Claude Monet-Giverny e Caverna de Chauvet) foi utilizado uma ferramenta para criação de tour virtuais chamada KRpano. Uma das várias indicações também presentes no meu e-book.

Também há a opção de contratar uma consultoria comigo para tirar suas dúvidas sobre projetos em 360º. Para mais detalhes confira lá no site da minha produtora. Caso não esteja disposto a produzir tours virtuais, mas deseja desenvolver um projeto neste sentido, pode contar comigo para isso. Basta entrar em contato.

Obs. A lista destes locais foi inspirada nas indicações de Céline Chevallier, francesa e professora de Francês aqui no Brasil.