Efeito “Dollhouse” em tours virtuais sem Matterport

Efeito “Dollhouse” em tours virtuais sem Matterport
Efeito “Dollhouse” em tours virtuais sem Matterport

Efeito Dollhouse, o famoso “casa de boneca” é sem dúvida alguma um dos mais interessantes e cativantes recursos utilizados em tours virtuais em 360º. Este é um dos maiores chamativos que fizeram a ferramenta Matterport se destacar tanto no mercado. Em meio a tantas ferramentas para desenvolvimento de tours 360º ter uma visão como esta faz com que um projeto se destaque ainda mais.

Mas esta opção só está disponível para clientes do Matterport? É preciso ter de aderir a algum plano deles para poder oferecer este serviço aos seus clientes? Felizmente a resposta é não. Existem outras ferramentas que também permitem criar uma visão “casa de boneca” para seus projetos de tours virtuais.

Continua aqui que vou mostrar algumas opções.

Polycam – Scanner 3D

O Polycam é um aplicativo que faz uso do scanner LiDAR presente nos iPhones 12 Pro, 12 Pro Max e iPad Pro. Bem restrito porque apenas estes possuem este recurso por hora. A grande vantagem é seu custo (gratuito), facilidade de uso e possibilidades de compartilhamento.

O problema dele é a sua resolução que ainda não pode ser chamada de profissional (minha opinião). Mas fica como curiosidade.

‎Polycam - LiDAR 3D Scanner
‎Polycam - LiDAR 3D Scanner

Sketchfab – Scanner 3D

Da mesma forma que o Polycam, o Scaniverse – 3D Scanner também é uma opção de escaneamento 3D de ambientes e que faz uso do LiDAR nos mesmos aparelhos da Apple. Nesta opção a vantagem de ser gratuito não existe. No entanto é preciso pagar por uma compra interna no aplicativo. Este aplicativo pode ser utilizado em conjunto com a plataforma Sketchfab que também cobra por uma assinatura na plataforma caso queira compartilhar e vender seus trabalhos por lá. Assim como no aplicativo anterior, fica aqui apenas pela curiosidade.

‎Scaniverse - LiDAR 3D Scanner
‎Scaniverse - LiDAR 3D Scanner

Ferramentas de edição

Agora sim, saindo das possibilidades de escaneamento 3D nativo vamos para algumas ferramentas de edição que permitem criar as Dollhouses. Já adianto que o processo em algumas delas é um tanto trabalhoso, mas os resultados são muito bons.

A ordem que você verá a seguir será de complexidade de uso, iniciando do mais difícil para o mais fácil.

PanoCamAdder

Criado pelo alemão DerMische, o PanoCamAdder+ é um complemento originalmente pensado para o software Blender. O Blender por sua vez é um programa para modelagem, animação, texturização, composição, renderização, e edição de vídeo. Mas ainda que pensado para um, o PanoCamAdder+ permite a exportação dos modelos como arquivos STL, para serem utilizados dentro do KRpano (software de edição de tours 360º).

Se a sua área engloba modelagem 3D, esta pode ser uma boa opção.

Metareal Stage

Metareal Stage é uma plataforma de tours virtuais que permite a criação de versões 3D à partir de fotos equirretangulares. Diferente de outras opções do tipo, esta plataforma pode ser utilizada com qualquer número de imagens 360º e não requer um número mínimo de fotos. O Cupix por exemplo exige que a distância entre as capturas seja de mais ou menos 1,5 metros.

O Metareal transforma as fotos 360º em um mapa de textura 3D. Confira abaixo uma demonstração do processo.

Não é um processo dos mais simples mas o resultado é muito bom. À partir do projeto pronto é possível gerar planta baixa, transições mais complexas entre um hotspot e outro e claro, o objetivo aqui que é a Dollhouse estilo Matterport.

Se você achou complexo, demorado ou não pode dispor de tempo para criar o seu tour no Metareal não se preocupe. Eles tem a opção de contratação de produção, basta entrar em contato que ele produzem o seu tour à partir de suas fotos.

Everpano 3D

O Everpano é outro editor de tours virtuais em 360º que faz uso de modelagem 3D. Ele requer uma licença do KRpano e permite dar “um passo além dos 360º”. Com o uso do Everpano é possível ter uma visão quase de “jogo” em um projeto, além de também gerar a Dollhouse. O resultado da modelagem 3D é um volume e experiência de transição incrível.

Confira um exemplo:

Certo, eu fugi um pouco do Dollhouse. Clique aqui para acessar um belo exemplo feito com a dupla Everpano + KRPano. Um detalhe que precisa saber sobre esta opção é que o processo de mapeamento 3D é bastante manual e requer bastante trabalho.

Benaco

Por fim chegamos à mais fácil de todas as opções desta lista. Se você acha que os anteriores foram complicados pode respirar tranquilo agora. Nesta plataforma você sequer precisa vincular uma foto à outra para criar seu tour. No Benaco tudo é realizado automaticamente. Não apenas as vinculações das imagens, mas também a geração de planta baixa, Dollhouse e até mesmo o efeito de transição “fly-through” entre um ponto e outro do seu tour. Basta subir suas fotos e esperar que os servidores deles transformem tudo.

Outro diferencial interessante desta plataforma é que seus preços são cobrados pela quantidade de fotos em cada projeto e não em forma de mensalidade como o Matterport ou Cupix.


Estas são algumas opções diferentes de ferramentas para criação de tours virtuais com o uso da Dollhouse. É claro que apenas isso não deve ser levado em consideração na hora de escolher qual será a usa escolha, acima de tudo é preciso levar em consideração diversos outros fatores como recursos extras, exportação, hospedagem, preços…

Gostou do assunto? Quer aprender mais sobre isso sem gastar muito? Então não deixe de conferir o livro Produção de Conteúdos em 360º que já está na segunda edição. O maior conteúdo em língua portuguesa sobre o assunto.

Disponível na Apple Books Versão PDF Disponível na Amazon

Está na dúvida sobre o que produzir conteúdos em 360º? Confira aqui algumas postagens sobre o assunto.

Compartilhe